PÁGINA PRINCIPAL  |  LÍNGUA/PAÍS  |  LOGIN  |  ÁREA DO PRODUTOR


Busca  

Notícias

Mercado de sêmen fecha 3° trimestre com 17,5% de crescimento
O crescimento foi ainda maior na central Semex Brasil que fechou o período 28,8% acima do m...
Cabanha Cassiano Classifica 18 animais acima de 84 pontos
O último sábado (19) entrou para a história da Cabanha Cassiano. Localizada n...
Mercado internacional ganha Catálogo de Exportação de sêmen de raças tropicais
A expectativa é atender principalmente a países da África e da Ásia ...
Gerente Semex de Leite Tropical participa de rodada técnica na Colômbia
Com o objetivo de difundir o potencial das raças de leite tropical pelos países dos t...
Semex realiza palestra sobre avaliação fenotípica na Exphomig 2019
Na próxima quinta-feira, 12, a cidade de Itanhandu/MG recebe a 28ª ediçã...
Expointer 2019 terá lançamento do Catálogo de Corte Taurino 2019/2020 da Semex
Integram o documento mais de 70 touros, todos com avaliação genética, de div...

Veja Todas As Notícias
Canadenses visitam projeto pecurio da Nova Piratininga
Artigo publicado em Junho 11, 2019, 07:02:48

Bookmark and Share    Subscribe

A propriedade conta com mais de 100 mil cabeças e trabalha com foco na produção de carne de qualidade, utilizando a genética de touros Angus da Semex Brasil

 

Considerada uma das maiores fazendas de pecuária de corte do mundo, a Nova Piratininga, em São Miguel do Araguaia/GO, recebeu a visita da diretoria da Semex Alliance, empresa parceira no projeto de produção de carne de qualidade. A propriedade está intensificando seu projeto pecuário e, para a estação de monta 2018/2019, utilizou em torno de 45 mil doses de sêmen da raça Angus da Semex. Paul Larmer, CEO da Semex Alliance, maior central de inseminação do mundo e com sede no Canadá, desembarcou no Brasil neste mês de maio para conhecer os resultados do projeto da Nova Piratininga. 

Como o foco do projeto é a produção de carne Premium, o rebanho está sendo inseminando com sêmen de touros Angus com características relacionadas a desempenho, peso de carcaça, marmoreio e AOL (rendimento de carcaça). O volume de doses utilizadas para inseminar o gado cresceu 125% desde 2016, ano em que teve início a parceria com a central Semex Brasil. De acordo com o gerente de Corte do Grupo Semex, Antonio Carlos Sciamarelli Junior, que acompanhou a visita, todos os animais nascidos desde o início da parceria com a Semex estão sendo monitorados em todas as etapas de produção (cria, recria e engorda em sistema de confinamento), finalizando no abate, para avaliar a evolução genética do rebanho. “Foi uma oportunidade de mostrar a qualidade da pecuária brasileira aos representantes da Semex Alliance do Canadá, que ficaram impressionados com a grande estrutura do projeto”, destacou Antonio Carlos.

A fazenda conta com uma área de 135 mil hectares e um rebanho de mais de 100 mil cabeças, sendo que as fêmeas em idade reprodutiva são mais de 40% desse total. Também participaram da visita à Nova Piratininga o diretor-presidente do Grupo Semex, Nelson Ziehlsdorff, o Gerente de Marketing do Grupo, Eduardo Fey, o Distrital da Semex no Centro-Oeste, Paulo Garcia Silveira, o Gerente Global de Corte, Dennis Serhienkoe o representante do Departamento de Corte da Semex Alliance, Brad Gilchrist. 

 

 



Imprimir Artigo | Enviar Artigo por Email

Registre-se na nossa Mailing List para receber notícias da Semex Brazil por email